Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Consultório de Estética

Este consultório aborda temas sobre a estética facial e corporal aconselhamento em cirurgia plástica, também assuntos relacionados com as terapias alternativas (massagens, drenagem linfática, zen shiatsu, reiki, etc).

Este consultório aborda temas sobre a estética facial e corporal aconselhamento em cirurgia plástica, também assuntos relacionados com as terapias alternativas (massagens, drenagem linfática, zen shiatsu, reiki, etc).

Consultório de Estética

29
Out10

Pêlo Encravado. Trate o problema pela Raiz.

consultorioestetica

 

 

Trataremos hoje de um dos temas mais pedidos pelas leitoras a foliculite.(Pêlo encravado) , este é um dos problemas dermatológicos mais comuns, que trás desconforto tanto para homens quanto para as mulheres.Para eles o problema é maior na região da barba, para elas o local mais problemático é a virilha. Reconhecer o problema é fácil e quase todo mundo já passou por isso: são aquelas borbulhas vermelhas, às vezes com a ponta amarela, que parecem espinhas e que surgem na região depilada ou barbeada. Além de ser feia, a foliculite também pode causar comichão e dor, dependendo da gravidade do problema.

Cada vez que se tira os pêlos eles podem resolver encravar.

 

 Quem tem a pele mais escura está mais propenso a desenvolver o problema. Isso ocorre por dois motivos: primeiro porque um número maior de pessoas com a pele escura tem pêlos encaracolados (que têm mais dificuldade em sair à superfície e encravam com mais facilidade), segundo porque o excesso de queratinização (ou seja, a pele mais grossa), mais comum em pessoas morenas, também favorece o aparecimento de foliculite.

 

 

O pêlo encravado (que na verdade é uma pseudofoliculite, já que nesse caso não há infecção) ocorre quando o pêlo que está nascendo não consegue sair na superfície da pele, ou quando ele sai, mas volta a entrar. A foliculite é quando nesse local onde o pêlo está nascendo ocorre uma invasão de bactérias (normalmente do gênero estafilococus) causando uma reação inflamatória no local (o pus que deixa o aspecto amarelo nas feridas).

Como quase em tudo em medicina, e em especial na Estética, o melhor tratamento para o problema é a prevenção. Então vamos lá as dicas para evitar e tratar a foliculite:

  

1. Higiene:Antes de qualquer coisa, sempre que queremos manter as bactérias longe do nosso corpo devemos ficar atentos às dicas de higiene. Quem faz depilação com cera precisa se certificar de que os equipamentos utilizados pelo salão são esterilizados ou descartáveis. Nada de cera reaproveitada. Quem usa lâmina deve sempre manter o aparelho bem limpo (o ideal seria usar aqueles descartáveis uma vez só). Depois de usar a lâmina lave bem o aparelho com um sabonete antiséptico e mantenha num lugar fechado e seco. Lave bem a pele antes de se depilar ou de se barbear. Usar calça apertada de tecido sintético também agrava o problema na virilha já que deixar o local quente, húmido e machucado é criar um ambiente perfeito  para as bactérias. Calça jeans justa é paraíso para as bactérias que causam a foliculite na região da virilha.

 

  

2. Esfoliação:como uma das causas da foliculite é o excesso de queratinização, manter a pele mais lisinha e livre das células mortas (que dificultam a saída do pêlo à superfície) é fundamental para minimizar o problema.

 Lavar bem e esfoliar a pele antes de barbear  e depilar ajuda a evitar a foliculite e os pêlos encravados. Existem vários tipos de esfoliante caseiro, vou nos próximos post colocar algumas receitas de esfoliante caseiro, que além de eficaz é muito barato!!

 

3. Técnica:A depilação com cera é a que mais leva ao aparecimento dos pêlos encravados já que os pêlos arrancados têm mais dificuldade de voltar novamente à superfície. Então quem usa cera e tem tendência ao problema deve intercalar o procedimento com lâmina ou creme depilatório. Na hora de usar a lâmina o correcto e passar o barbeador no mesmo sentido do nascimento do pêlo e não contra ele. Isso pode não trazer um barbeado tão rente, mas ajuda muito a diminuir a chances dos pêlos encravarem. Depois que acabar lave novamente a pele, de preferência com um sabonete para peles sensíveis  e passe um gel calmante pós barba. Não use hidratante após se depilar ou barbear, eles podem ocluir os poros e com isso dificultar que os pêlos cheguem à superfície. Para quem se incomoda muito com o problema a depilação a laser pode ser a solução definitiva, que também pode ser feita por homens na região da barba.

 

 

4. Tratamento:Além dos produtos a base de ácido salicílico, peelings  podem ser úteis para afinar mais a pele e também para eliminar as manchas que ficaram de lesões antigas. Para quem está com bolinhas de pus podem ser necessários cremes ou pomadas a base de antibióticos e anti- inflamatórios. Então é isso: seguindo essa combinação básica de higiene+esfoliação+técnica correta os pêlos não costumam encravar. Mas se mesmo assim eles forem insistentes, procure um médico para receitar um tratamento correto caso resolvam infeccionar e amarre as suas mãozinhas para trás se não conseguir ficar sem cutucar,  ok?

 

 

14 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Envie a sua questão

Este consultório online é um espaço onde pode colocar as suas dúvidas no âmbito da estética e terapias alternativas japonesas.

E-mail: consultorioestetica@sapo.pt

Links

NIPON SPA

Cirurgia Plástica



Este consultório aborda temas de cuidados de estética facial (acne, tratamento para rugas, manchas, etc.) e corporal (celulite, gordura localizada, retenção de líquidos, cirurgias plásticas, varizes, etc.), bem como de vários assuntos relacionados com as terapias alternativas (massagens, zen shiatsu, reiki, etc.).

Pode através deste consultório colocar as suas questões relacionadas com estes temas.

Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D